INFORMAÇÃO AO MÉDICO
O EXAME DO LÍQUOR



EXAME CITOLÓGICO

resultado em: 01 dia útil

método: câmara de Fuchs-Rosenthal, volume de 3 mm3. Contagens celulares no LCR podem ser referidas em números fracionados: 1/3 ou 0,3 células/mm3 quando há apenas uma célula na câmara de contagem; 2/3 ou 0,7 células quando há duas células, e assim sucessivamente.

valores de referência: até 4,0 células (leucócitos) por mm3. Hemácias não fazem parte da citologia normal do LCR.

conservação/transporte: refrigerado, sem congelamento (este destrói as células)

interpretação: hipercitose ou pleocitose é o aumento do número de células (ligeira, até 10 céls/mm3; discreta, entre 10 e 50; moderada, entre 50 e 200; nítida, entre 200 e 1000; intensa, quando acima de 1000/mm3. Sendo a amostra hemorrágica, a proporção aproximada de 1000 hemácias para cada leucócito pode sugerir:

  • acidente de punção;
  • ausência de reação inflamatória à presença sangue (corticoterapia, p.ex.).
O número de células está aumentado em 5 situações principais:

  • nas meningites – alterações seletivas das barreiras hemato-encefálica (BHE) e hemato-LCR (BHL);
  • nas vasculites - o processo inflamatório da parede dos vasos é responsável pela passagem de leucócitos do sangue para o sistema nervoso;
  • em doenças inflamatórias do SN, imunomediadas ou não;
  • em processos infecciosos sistêmicos: aumento transitório de leucócitos no sistema nervoso;
  • em processos neoplásicos, seja pela presença de células inflamatórias secundárias a antígenos tumorais (síndrome paraneoplásica), seja pela presença de células neoplásicas (metástases meníngeas ou células de descamação).

EXAME CITOMORFOLÓGICO

resultado em: 01 dia útil

método: câmara de sedimentação gravitacional acelerada (Suta) ou citocentrifugação.

valores de referência: linfócitos (cerca de 70% do perfil) e monócitos (cerca de 30% do perfil)

conservação/transporte: refrigerado, sem congelamento (este destrói as células)

interpretação:

PERFIL CITOMORFOLÓGICO EM PROCESSOS INFLAMATÓRIOS

PESQUISA DE CÉLULAS NEOPLÁSICAS


1. EXAME ONCÓTICO

resultado em: 01 dia útil
método: citocentrifugação ou câmara de sedimentação acelerada (Suta) e coloração pelos métodos de Giemsa ou Leishman
valores de referência: negativo para células neoplásicas
conservação/transporte: temperatura ambiente interpretação:

PERFIL CITOMORFOLÓGICO DO LCR: CITOLOGIA ONCÓTICA


2. IMUNOFENOTIPAGEM *

resultado em: 07 dias úteis

método: imunohistoquímico

valores de referência: negativo para células neoplásicas

preparo: 3 lâminas preparadas após citocentrifugação ou por sedimentação gravitacional acelerada a fresco, fixadas em álcool etílico PA a 95%. Amostras só devem ser processadas com valores mínimos de 25 leucócitos/mm3 (o ideal é que a amostra tenha acima de 70 leucócitos/mm3), desde que não haja predomínio de polimorfonucleares no perfil citomorfológico.

conservação/transporte: temperatura ambiente interpretação: auxilia na diferenciação das doenças linfoproliferativas (leucemias e linfomas) determinando se a população de linfócitos é monoclonal (neoplásica) ou policlonal (reacional).


3. CITOMETRIA DE FLUXO *

resultado em: 07 dias úteis

método: citometria de fluxo

valores de referência: negativo para células neoplásicas

preparo: 5mL de LCR não centrifugado para a realização da reação, logo em seguida à colheita. O método só permite processamento de amostras com 25 ou mais leucócitos/mm3, desde que não haja predomínio de neutrófilos no perfil citomorfológico.

conservação/transporte: refrigerado/refrigerado interpretação: auxilia na diferenciação das doenças linfoproliferativas (leucemias e linfomas) determinando se a população de linfócitos é neoplásica (monoclonal) ou reacional (policlonal).

Voltar


Praça Amadeu Amaral 47 Conj. 33 - Paraíso - São Paulo - SP - CEP 01327-010 Tel.: (11) 3149 - 6600 Fax.: (11) 3149 - 6609
Clique para ampliar +