INFORMAÇÃO AO MÉDICO
O EXAME DO LÍQUOR



EXAME MICROBIOLÓGICO

EXAME BACTERIOLÓGICO


A) BACTERIOLÓGICO DIRETO

resultado em: 01 dia útil

método: Gram feito em células do sedimento, após centrifugação

valores de referência: ausência de bactérias

conservação/transporte: refrigerado/refrigerado

interpretação: quando feito antes da antibioticoterapia empírica, pode permitir o isolamento do agente etiológico em 40-90% dos casos. Após o início do tratamento, a sensibilidade do método cai para valores abaixo de 40%. Por isso, o não isolamento de bactérias, na presença da síndrome do LCR nas meningites bacterianas agudas, não permite afastar o diagnóstico.


B) PROVA DO LÁTEX

resultado em: 01 dia útil

método: prova de aglutinação do látex para bactérias: meningococos dos grupos A, B, C, Y, W135; pneumococos; hemófilos; estreptococos do grupo b.

valores de referência: negativa

conservação/transporte: refrigerado/refrigerado

interpretação: método simples e rápido, que permite o diagnóstico etiológico quase imediato. Sensibilidade varia de 33 a 100%, dependendo do agente etiológico e do reativo empregado; alta especificidade (acima de 96%). Por essas características, a negatividade do teste não permite excluir o diagnóstico de meningite bacteriana.


C) CULTURAS PARA BACTÉRIAS

resultado em: 04 dias úteis

método: semeadura em meios de cultura apropriados (caldo de glicose-soja, ágar-sangue, Miller-Hinton)

valores de referência: negativa

conservação/transporte: 37ºC / 37ºC

interpretação: sensibilidade de 70-85% nas primeiras 48 h, dependendo do agente etiológico. Culturas negativas não permitem excluir o diagnóstico de meningite bacteriana.


D) ANTIBIOGRAMA QUANTITATIVO (CONCENTRAÇÃO INIBITÓRIA MÍNIMA) *

resultado em: 03 dias úteis

método: automatizado

valores de referência: negativa

conservação/transporte: 37ºC / 37ºC

interpretação: isolamento e identificação do agente etiológico a partir de culturas positivas. Determinação da concentração inibitória mínima de antimicrobianos.


EXAME MICOBACTERIOLÓGICO

A) MICOBACTERIOLÓGICO DIRETO

resultado em: 01 dia útil

método: Ziehl-Neelsen (pesquisa de bacilos álcool-ácido resistentes) feito em células do sedimento, após centrifugação

valores de referência: ausência de bactérias

conservação/transporte: refrigerado/refrigerado

interpretação: é rara a detecção de bacilos álcool-ácido resistentes no LCR. O não isolamento de micobactérias na presença de síndrome do LCR compatível não permite afastar o diagnóstico.


B) CULTURAS PARA MICOBACTÉRIAS

resultado em: 120 dias úteis

método: semeadura em meios de cultura (Lowenstein)

valores de referência: negativa

conservação/transporte: 37ºC / 37ºC

interpretação: sensibilidade variando entre 50 e 80%, aproximadamente. Culturas negativas não permitem excluir o diagnóstico de meningoencefalite tuberculosa.


EXAME MICOLÓGICO

A) MICOLÓGICO DIRETO

resultado em: 01 dia útil

método: Moore e Weidmann & Freeman (tinta da China) feito no sedimento, após centrifugação

valores de referência: ausência de leveduras

conservação/transporte: refrigerado/refrigerado

interpretação: em casos de criptococose, sensibilidade de 90% e especificidade de 100%. Em outros fungos, sensibilidade muito baixa.


B) PROVA DO LÁTEX PARA CRIPTOCOCOS

resultado em: 01 dia útil

método: prova de aglutinação do látex para criptococos

valores de referência: negativa

conservação/transporte: refrigerado/refrigerado

interpretação: método simples e rápido, que permite o diagnóstico etiológico quase imediato. Alta sensibilidade e especificidade. Associada ao exame micológico direto, permite o diagnóstico etiológico em praticamente todos os casos.


C) CULTURAS PARA FUNGOS

resultado em: 30 dias úteis

b semeadura em meios de cultura (Sabouraud enriquecido)

valores de referência: negativa

conservação/transporte: ambiente / ambiente

interpretação: sensibilidade de 25-50% em até 30 dias para a maioria dos fungos. Nos casos de criptococose e candidíase: sensibilidade elevada (80-100%). Culturas negativas não permitem excluir o diagnóstico.


O EXAME DE LCR EM MENINGITES AGUDAS


O EXAME DE LCR EM NEUROTUBERCULOSE E NAS NEUROMICOSES



Voltar


Praça Amadeu Amaral 47 Conj. 33 - Paraíso - São Paulo - SP - CEP 01327-010 Tel.: (11) 3149 - 6600 Fax.: (11) 3149 - 6609
Clique para ampliar +